sábado, 22 de março de 2008


um homem só

já não reconhece os traços
deixados pelo silêncio
quando chega o poente


e mergulha em si


pra não mais se encontrar